Já disse aqui que esta é minha música preferida de todas que conheço. E não considero que ela foi escrita pra uma mulher, mas que Jacques Brell a cantou para a vida quando soube que tinha uma doença fatal da qual não escaparia e pediu:                                                               – NÃO ME ABANDONE, NÃO ME ABANDONE - .

Basta prestar atenção à letra.

Se não foi pra vida que ele a cantou fica sendo porque é assim que eu a ouço quase todos os dias.      Com a Maysa a música se reveste de mais dramaticidade. Por isso quis postá-la novamente no blog: tem mais a ver com o momento que vivo.                                                         

Como eu nunca me canso de ouvi-la, espero que meus leitores também

Sobre o Blog

Leia o Artigo Zero e conheça Marcos Fayad e a proposta do blog Pensar Não Dói.

Siga o Marcos Fayad

 

Arquivo de Posts

 

 


2011. Pensar Não Dói - Blog do ator e diretor Marcos Fayad. Reprodução permitida desde que citada a fonte.
contato@pensarnaodoi.com.br